Home / Financiamento de motos

Financiamento de motos

Financiamento de motos
Financiamento de motos

Financiamento de motos

O financiamento de motos é, nos dias de hoje, uma das maneiras mais comuns de se comprar uma moto.
O que acontece é que as instituições financeiras, normalmente os bancos, emprestam o dinheiro ao financiado que compra assim a moto que será do banco até o empréstimo estar pago. Depois de pagar a moto é então transferida para o verdadeiro proprietário.
A grande vantagem do financiamento é o facto de o dinheiro ficar disponível em poucos dias, por vezes horas, o que permite ter logo a moto, ao contrário do consórcio. Em contrapartida o preço geralmente é maior do que nas outras modalidades de crédito.
No que diz respeito aos juros cobrados pelo banco, os do financiamento são mais baixos do que os do empréstimo pessoal visto que o banco tem uma garantia, a moto, e assim o risco do empréstimo diminui. Os juros serão então o lucro que o banco vai obter com o financiamento e aplica-se no prazo deste último, o que significa que quanto mais tempo demorar a pagar o empréstimo, mais juros irá pagar.
Por exemplo, se a moto custar 10 mil reais e for pagá-la em 36 meses com uma taxa de 2% ao mês, irá pagar assim 36 parcelas de R$ 392,33, que totalizam R$ 14.123,83. O lucro do banco são R$ 4.123,83, perto de 40% do valor da moto. Se baixar para os 12 meses as parcelas serão de R$ 945,60, totalizando R$ 11.347,15. Pagará menos no total, porém, a parcela é muito maior.